Subsurface Flow Module

Para Análise de Fenômenos Geofísicos com Base em Escoamento Subsuperficial

Subsurface Flow Module

Hoje, depósitos de rejeitos nucleares estão sendo construídos para armazenar barras de combustível usadas pelos próximos cem mil anos, aproximadamente. Esse modelo ilustra um caso hipotético onde uma fresta no recipiente de coleta de combustível leva ao vazamento através de uma fratura na rocha circundante e aterro do túnel acima.

Escoamento Subsuperficial em Meios Porosos Saturados e com Saturação Variável

O Subsurface Flow Module é para engenheiros e cientistas que desejam simular o escoamento subterrâneo ou em outros meios porosos e também conectar esse escoamento a outros fenômenos, como poroelasticidade, transferência de calor, química e campos eletromagnéticos. Pode ser usado para modelar o escoamento em lençóis freáticos, a difusão de rejeitos e poluição através do solo, o escoamento de óleo e gás para poços e o adensamento do solo devido à extração de água de lençóis freáticos. O Subsurface Flow Module pode modelar o escoamento subsuperficial em canais, meios saturados e com saturação variável ou fraturas e acoplá-lo a simulações de transporte de solutos e calor, reações geoquímicas e poroelasticidade. Várias indústrias precisam lidar com desafios envolvendo geofísica e hidrologia. Engenheiros das áreas civil, mineração, petrolífera, agrícola, química, nuclear e ambiental frequentemente precisam levar em conta esses fenômenos uma vez que as indústrias em que trabalham afetam direta ou indiretamente (sob a perspectiva ambientaal) a Terra onde vivemos.

O Escoamento Subsuperficial Afeta Muitas Propriedades Geofísicas

O Subsurface Flow Module contém várias interfaces feitas sob medida que descrevem certas físicas para a modelagem de escoamentos e outros fenômenos em ambientes subterrâneos. Conhecidas como interfaces físicas, elas podem ser combinadas e acopladas diretamente a outras interfaces físicas dentro do Subsurface Flow Module ou com interfaces físicas dentro de qualquer um dos outros módulos na Linha de Produtos COMSOL. Isso inclui o acoplamento do comportamento poroelástico descrito pelo Subsurface Flow Module a aplicações de mecânica de sólidos não lineares para solos e rochas no Geomechanics Module.

Incorpore as Taxas de Reação Geoquímica e a Cinética

O COMSOL oferece a você a flexibilidade para inserir qualquer equação arbitrária nos campos de edição nas interfaces físicas do Subsurface Flow Module, o que pode ser útil para definir taxas de reação geoquímica e cinéticas nas interfaces para transporte de materiais. Ainda, acoplando essas interfaces físicas ao Chemical Reaction Engineering Module significa que é possível modelar muitas reações multiespécie, através de interfaces físicas fáceis de usar, para definir reações químicas que esse módulo contém. A integração desses dois produtos é bastante útil para modelar as muitas etapas de reação envolvidas na difusão de rejeitos nucleares a partir de seus depósitois por milhares de anos.

Multiphysics Simulations Help Track Underground Fluid Movements

Pumping and Injecting from a Single Borehole

Pore-Scale Flow

Free Convection in Porous Medium

Biot Poroelasticity

Pesticide Transport and Reaction in Soil

Sorbing Solute

Buoyancy Flow with Darcy's Law: The Elder Problem

Open-Hole Multilateral Well

Forchheimer Flow